Roteador - Com Contexto ou Sem Contexto?

Estive pensando aqui, o Roteador é algo essencial na maioria dos casos e cito duas coisas que me fazem sempre optar por usá-lo:
1 - Múltiplas equipes de Atendimento com relatórios individuais
2 - Possibilidade de mais de uma pessoa trabalhar no fluxo (como um todo) ao mesmo tempo

Sem contar a organização do fluxo…

Porém, eis que surgem duas opções de uso também:
1 - Com contexto do Roteador desligado
2 - Com contexto do Roteador ligado

E cada caso é um caso, cada situação é uma situação, tem horas que com contexto funciona, tem horas que não. Recentemente passei por uma coisa que em um botrouter e contexto ativado sempre funcionou, fui implementar um novo botrouter e não funcionou até que eu desativasse o contexto.

Acredito que falta explorarmos (take e comunidade) mais sobre o funcionamento, melhores práticas e problemas do uso de Roteadores. Colocar os pingos nos i’s.

Portanto gostaria de passar esse feedback e começar sugerindo um OfficeHours sobre Roteadores, pra começarmos a gerar discussões no fórum em busca de troca de conhecimento, correções e sugestões de melhorias.

Abraços!

5 Curtidas

Tudo bem @GabrielPetrone? Aqui no time de CS da Take Blip a gente sempre opta por utilizar Roteadores, acreditamos ser a melhor solução para escalar os contatos inteligentes.
Para garantirmos sempre a melhor qualidade possivel no desenvolvimento dos nossos CIs temos guidelines e melhores praticas para uso de Roteadores, a boa noticia é que essa documentação (que era interna) agora está disponivel para o público nesses dois artigos do medium:

Espero que estes artigos lhe ajudem a masterizar os Roteadores!

4 Curtidas