Blip AMA 81 APIN o analista de performance dos contatos inteligentes e sua contribuição

Nesse ama conhecemos o trabalho do APIN Analista de performance da célula de desenvolvimento dos assistente digitais. Rodrigo Brant mostrou como é o trabalho do APIN e como o mesmo estuda os bots e avalia o seu desenvolvimento com a análise

Conceito de tracking
Como usar os registros de eventos para análises dos assistentes.
Como fazer relatórios personalizados.
Técnicas para avaliar escolhas de menu, como usar o builder, como extrair os dados com api postman, script de python (até parece que é dev), etc.

Fica o desejo de fazer outro ama com cada um desses temas para um tutorial de como construir os tracking de uma forma mais tutorial.

Ótimo tema para o AMA para entender o potencial da plataforma builder em construir análises dos fluxos e tudo que ocorre dentro do assistente.

Você amplia em muito a competência de ANALISAR O bot.

Entendi porque a célula de desenvolvimento da take tem um APIN oficial.

Essa competência nos ajuda a entender qual competências são necessárias a um APIN ou o análista do assistente digital e como essa competência pode enriquecer a utilização dos assistentes para buscar melhores resultados sempre. Mesmo que na célula de desenvolvimento da minha empresa não tenha o cargo de APIN, mas acaba que alguém da célula tem que assumir isso.

Talvez mais serviço para o dev ou o especialista.

Ainda não entendi o passo a passo para criar o relatório do input inesperado, mas vou tentar reproduzir esse resultado. Se o Rodrigo pudesse fazer um tutorial específico seria muito bom esse relatório de input inesperado é um pouco mais complexo porque usa essa construção de condicionais para o registro de eventos que preciso conhecer melhor como implementar.

1 curtida